Comprando o equipamento

O que avaliar na hora de comprar uma cadeira para auto?

Fique atento:

  • Se o tecido do estofamento é macio, permite a transpiração da criança e é removível para lavagem;

  • Se a cabeça da criança fica bem apoiada no equipamento, garantindo maior segurança e conforto;

  • Se tem almofada redutora removível para acomodar bem os recém-nascidos;

  • Se tem assento reclinável;

 

Selo do Inmetro:

Por se tratar de um objeto fundamental para a segurança da criança, avalie apenas modelos que possuem o selo de qualidade do Inmetro (ou os selos americano e europeu), pois isso atesta a qualidade do equipamento, como a resistência dos cintos e fivelas, a toxidade dos materiais e a absorção de impacto.

Teste no carro:

Antes de comprar o equipamento teste-o em seu carro, pois pode ser que o tamanho não é proporcional ao veículo ou que tenha dificuldades no seu manuseio e instalação.

Atenção:

Só compre cadeirinhas usadas se souber exatamente quando foram fabricadas, afinal como todos os produtos têm validade, que é de cerca de 6 anos.

Ainda mais importante, é saber se o equipamento já sofreu alguma queda ou esteve em um veículo durante uma colisão moderada ou grave (mesmo que não estivesse transportando uma criança nesse momento) pois nestes casos podem ter ocorrido danos à sua estrutura, que é feita para absorver internamente os impactos.

 

Saiba mais sobre a necessidade de trocar o equipamento em caso de colisões aqui.

 

Modelos:

As pessoas sempre querem saber qual é o melhor equipamento de segurança, mas cada um tem seus prós e contras.  Essa escolha tem que ser feita considerando o seu orçamento, o tamanho e modelo do seu carro e as facilidades de uso de cada modelo.

Bebê Conforto

Vantagens:

  • Alguns possuem base para fixação no carro, pois assim poderá levar o bebê na cestinha sem o acordar quando estiver entrando ou saindo do carro;

  • Alguns modelos podem ser acoplados a carrinhos da mesma marca (travel system), facilitando o transporte do bebê;

  • São menores e mais fáceis de transportar;

  • Possuem capota removível para evitar que o sol bata na cabeça do bebê;

Desvantagens:

  • Podem ser usados apenas até o bebê atingir o peso limite (por volta de 1 ano de idade) e, portanto, por menos tempo que as cadeirinhas reversíveis, que podem durar até a criança ter 4 ou até 7 anos, dependendo do modelo.

 
 

Cadeirinhas Reversíveis

Vantagens:

  • Geralmente podem ser utilizadas até a criança atingir 25 kg (por volta dos 6 anos, em média).

  • Pode manter a criança na posição mais segura, que é com a cadeirinha instalada contra o movimento do carro, por muito mais tempo.

Desvantagens:

  • No Brasil não existem modelos de cadeirinhas reversíveis com base fixa no carro.

 

3 em 1

Esses modelos prometem ser o único equipamento de segurança que os pais precisam comprar, só precisando trocar em caso de acidentes. Isso é muito bom para bolso, mas lembre-se que um equipamento desse, usado com frequência por 10 anos pode ficar muito sujo e ter a sua tecnologia ultrapassada por modelos novos e mais seguros.

 

Assento elevado (com ou sem encosto)

No mercado, há modelos de assento de elevação com e sem encosto e, é importante que os pais façam a escolha de qual modelo irão utilizar de acordo com o tamanho da criança. Para crianças com estrutura física menor, o encosto pode oferecer maior segurança e melhor acomodação ao dispositivo, além de posicioná-las de forma correta no banco.

 

Outra vantagem do encosto é para as crianças que dormem, pois elas podem apoiar o corpo nas laterais do assento de elevação, evitando, assim, de cair para frente quando pegam no sono.

Receba as novidades do Instituto:

© ekloos 2017    |    Instituto Triunfo  |    Todos os direitos reservados